Uma oportunidade única voltada à criação e desenvolvimento do ambiente de negócios do audiovisual e do cinema.

Uma oportunidade única voltada à criação e desenvolvimento do ambiente de negócios do audiovisual e do cinema.

apresentação

O mercado do Audiovisual no Brasil vem crescendo nos últimos anos e se tornando um espaço de desenvolvimento profissional, novos empreendimentos e produção de conteúdos culturais com valor de mercado cujos impactos são cada vez mais identificáveis na chamada economia da cultura.

A proposta de criação do curso de “Gestão de Negócios do Audiovisual e Cinema” surge da necessidade de aumentar a capacidade de aprimoramento e gestão executiva do mercado audiovisual mineiro, voltado ao desenvolvimento de plataformas profissionais articuladas com o que há de mais moderno em relação a este segmento de mercado.

Os jovens realizadores e os profissionais envolvidos em áreas de coordenação e produção executiva dos projetos audiovisuais não encontram formação adequada no Brasil. Uma carreira de sucesso nesta área é construída com base em experiências empíricas e isoladas. A partir da criação do FSA (Fundo Setorial do Audiovisual) e da aplicação da Lei do Cabo (Nº: 12.475), o mercado de produção audiovisual passa a ter um aumento substancial na oferta de recursos de ordem financeira, e isso fez com o que o mercado exibidor de conteúdo para TV passasse a ter uma grande demanda de novos produtos audiovisuais.

objetivo

O curso tem como objetivo formar profissionais e estudantes do mercado do audiovisual em MG capacitados para atuar na esfera executiva, compreendendo todos os elos da cadeia produtiva do setor a fim de proporcionar a ampliação e formalização dos conhecimentos sobre estas práticas de empreendedorismo empresarial.

curso indicado para

Profissionais, gestores e empreendedores que desejam assumir posições de gestão nos mercados audiovisuais de conteúdo qualificado para TV, Cinema e Internet.

dinâmica do curso

Aulas expositivas online, estudos de caso e experiências do mercado audiovisual brasileiro, exercícios práticos que envolvem todas as etapas de construção de um Plano de Negócios e Pitching para o mercado audiovisual.

local das aulas

Aulas online

cronograma do curso

TURMA 122 de maio a 19 de setembro de 2020TURMA 218 de agosto a 17 de dezembro de 2020

horário das aulas

TURMA 1Sexta-feira: 18h às 21:40hSábado: 9h às 12:40hTURMA 2Terça-feira e quinta-feira: 18h às 21:40.

obs: caso seja necessário adequar o calendário,
poderão ocorrer atividades em outros dias da semana agendados previamente.

carga horária total

144 horas/aula

valor do investimento

R$ 2.300,00 (em até 5 parcelas iguais no cartão de crédito)

Pagamento à vista via boleto bancário (desconto de 8,5%) - R$ 2.104,50

Para pagamento via boleto, nos envie um email no formulário de contato abaixo e emitiremos seu boleto

Pagamento à vista via cartão de crédito (desconto de 4,5%) - R$ 2.196,50

Para pagamento via cartão de crédito – à vista ou parcelado – prossiga no link “faça sua matrícula” abaixo.

local das aulas

Aulas online

cronograma do curso

TURMA 122 de maio a 19 de setembro de 2020TURMA 218 de agosto a 17 de dezembro de 2020

horário das aulas

TURMA 1Sexta-feira: 18h às 21:40hSábado: 9h às 12:40hTURMA 2Terça-feira e quinta-feira: 18h às 21:40.

obs: caso seja necessário adequar o calendário,
poderão ocorrer atividades em outros dias da semana agendados previamente.

carga horária total

144 horas/aula

valor do investimento

R$ 2.300,00 (em até 5 parcelas iguais no cartão de crédito)

Pagamento à vista via boleto bancário (desconto de 8,5%) - R$ 2.104,50

Para pagamento via boleto, nos envie um email no formulário de contato abaixo e emitiremos seu boleto

Pagamento à vista via cartão de crédito (desconto de 4,5%) - R$ 2.196,50

Para pagamento via cartão de crédito – à vista ou parcelado – prossiga no link faça sua matrícula abaixo.

professores


Estude com quem domina e promove o mercado de trabalho audiovisual.

módulos do curso


Clique em cada um para ler mais detalhes


Prof. Orlando Senna

As origens e os pioneiros do cinema no Brasil. Os ciclos regionais. As grandes empresas produtoras dos anos 40 e 50: Atlântida, Cinédia, Vera Cruz. O Cinema Novo. As intervenções estatais desde os anos 30. A Embrafilme e a produção brasileira dos anos 70 e 80. A crise dos anos 90. A “retomada” da produção cinematográfica a partir de 1994. Modelos de desenvolvimento e políticas públicas para o audiovisual no Brasil atual.



Prof. Alfredo Manevy

Elementos fundadores das políticas de Audiovisual no Brasil, desenvolvimento e participação na construção de políticas públicas, ANCINAV, Brasil de Todas as Telas e políticas de fomento e desenvolvimentos regionais.

O papel das cidades no desenvolvimento do audiovisual e a construção de diálogos  das autoridades fílmicas nas diversas esferas da administração pública.



Prof. Juca Ferreira

Economia da cultura, cadeia produtiva do audiovisual no Brasil e novos modelos de desenvolvimento e financiamento para projetos audiovisuais.

Estratégias para o desenvolvimento regional da cultura e o papel da economia do audiovisual no crescimento do mercado de trabalho, geração de renda e empregos no país.

Os macro-modelos de produção e distribuição: mercado “livre” e mercado “regulado”. A dominação dos mercados mundiais pelos estúdios de Hollywood. Modelos de intervenção do Estado: França, Argentina, Coréia, Brasil. As relações entre cinema e TV nos mercados “livres” e “regulados”. Características específicas do mercado brasileiro.

Grandes números do mercado mundial: dados estatísticos. Evolução dos mercados norte-americano, europeu, asiático e latino-americano nos últimos anos. O mercado brasileiro: evolução recente e tendências.



Prof. Rafael Neumayr

Aplicação prática do direito autoral na indústria do entretenimento. Direitos patrimoniais e morais de autor e direitos conexos. Compra dos direitos de adaptação de livros de ficção e biografias. Autorização de uso de imagem. Contratos com os autores da obra cinematográfica (diretor, roteirista, compositor da trilha musical). Contratos com atores e técnicos. Obrigações trabalhistas e previdenciárias. Relacionamento com sindicatos e entidades de classe. Prestação de contas e auditoria das contas de um projeto audiovisual.



Prof. Minom Pinho

Esta disciplina se dedica a compreensão do universo de atuação de um produtor cinematográfico e sua relação com o mercado do audiovisual. A produção executiva como plataforma de base para o desenvolvimento da cadeia produtiva do audiovisual. Aqui o aluno terá contato com as formas de financiamento para o audiovisual no Brasil, além dos mecanismos possíveis de realização de um produto audiovisual.



Prof. Mário Diamante

Esta disciplina se dedica a apresentar um panorama sobre as origens da TV aberta e TV por assinatura no Brasil, seus principais interlocutores, empresas e instituições, levando em consideração os modelos de negócio e estruturas de desenvolvimento do mercado televisivo brasileiro e latino-americano.



Prof. Mário Di Poi

Esta disciplina se dedica a entender os modelos históricos da Indústria Fonográfica em relação à produção audiovisual no Brasil, suas relações com o Direito Autoral e os potenciais de mercado desse campo de trabalho. Além disso a disciplina vai abordar a arquitetura de construção de áudio para cinema, como Edição de Som, Foley, Trilha Sonora e novas profissões como o Supervisor Musical, profissional que faz a ligação entre músicas já existentes, suas gravadoras e editoras e às produções cinematográficas.em andamento.



Prof. Carla Maia

O funcionamento do mercado independente de realização de filmes e conteúdos audiovisuais no Brasil e no Mundo. Estrutura de uma produção independente. O papel do conteúdo independente na inovação de linguagem e na definição de tendências estéticas e mercadológicas.

Formatos, janelas e mercados para a produção independente no Brasil. Economia e sustentabilidade de realizadores independentes. Principais desafios e obstáculos para o desenvolvimento do mercado do audiovisual independente.



Prof. Júlia Nogueira

A regulamentação dos setores de cinema e TV no Brasil. Os órgãos reguladores do Estado que afetam a indústria audiovisual e suas atribuições: ANCINE, CVM, ANATEL. As principais leis e regulamentos que regem a indústria audiovisual no Brasil. As leis federais, estaduais e municipais de incentivo à cultura e ao audiovisual e sua aplicação.

Como elaborar e habilitar um projeto nas leis de incentivo, editais e fundos setoriais. Elaboração de sinopses e justificativas. Formatação de projetos para cinema, TV, internet e mercado internacional. Definição de orçamento e de valores a captar por meio das leis de incentivo, fundos setoriais e editais. Como se organizar a estrutura de um projeto, sua concepção e metodologia.



Prof. Igor Kupstas

O Negócio da Distribuição e Cinema Digital no Brasil, suas principais interfaces, produtos, formatos e novas janelas para exibição, levando em consideração o fenômeno do streamming e do vídeo por demanda (VOD), como formas de acesso e consumo audiovisual.



Prof. Eduardo Raccah

• Co-produções
Por que fazer uma coprodução internacional: subsídios múltiplos, coproduções bilaterais oficiais e não-oficiais. Modelos de coprodução: entre produtores, produtor e TV, produtor e “major”. Divisão de territórios, co-financiamento, divisão de “equity”, direitos e obrigações das partes. Escolha do parceiro certo: onde e como encontrá-lo. Contratos e decisões criativas

• Festivais Nacionais e Internacionais
A origem dos festivais e suas formas de atuação no mercado na busca por impulsionar a produção cinematográfica. O papel dos festivais no desenvolvimento da Cadeia Produtiva do Audiovisual no Brasil e no Mundo. Principais festivais e janelas alternativas para a exibição de filmes e conteúdos audiovisuais.

• Mercado Internacional
Experiências de profissionais do mercado com o ofício do cinema e do audiovisual e suas repercussões na diálogo com o público. Formas de financiamento, alternativas de produção e estratégias de posicionamento de conteúdos audiovisuais no mercado internacional.



Prof. Glória Gomide

Esta disciplina se dedica a compreensão sobre a história e o surgimento das séries televisivas no Brasil e no mundo, explicitando como funciona a estrutura e as narrativas que compõem o mercado de séries audiovisuais. Os alunos ainda terão contato com os conceitos e os tipos de narrativas seriadas e um panorama sobre os marcos conceituais, estratégias de mercado, e fenômenos transmídias, além de entender conceitos como serialidade, streaming, algoritmos e nichos.



Prof. Mauro Garcia

Ambiente de negócios. Variáveis que interferem nas circunstâncias nas quais se desenvolvem as negociações. Habilidades requeridas dos negociadores. O negociador brasileiro. Os segredos das negociações com distribuidores e com canais de TV nacionais e internacionais. Negociando acordos de co-produção, distribuição e exibição com as “majors” e com as TVs: comissões de distribuição e divisões de receitas.

A decisão de investir em projeto audiovisual: vantagens e inconvenientes. Critérios que presidiram à escolha do projeto. Setores da empresa envolvidos na decisão. Acompanhamento do desenvolvimento do projeto. Avaliação da experiência como patrocinador.



Prof. Victor Lopes

As etapas de desenvolvimento de um projeto, desde a ideia original, o desenvolvimento do roteiro, o “empacotamento” e o “business plan”, até a sua produção e comercialização. Identificação de temas, livros, fatos e histórias com potencial de adaptação. Opção de aquisição dos direitos. Desenvolvimento da história / tema em roteiro: a escolha do(a) roteirista. Fases do desenvolvimento: argumento, tratamento, “first draft”, “rewrite” e “polishes”. Os principais formatos típicos de cinema e de TV (longa-metragem, telefilme, documentário, série de TV, “sitcom”, novela etc.). Estruturas típicas de cada tipo de roteiro e projeto. Definindo o tamanho do filme, orçamento x viabilização. Empacotamento: agregando talentos-chave (diretor, atores, técnicos principais).

Nessas aulas, os alunos apresentam seus projetos pessoais. Os coordenadores acadêmicos auxiliam na estruturação dos projetos e formação de equipes (essas atividades são complementadas pelas aulas de Business Plan e Pitching). O tempo das aulas serve ainda para esclarecimento de dúvidas sobre o andamento do curso, apresentação de sugestões por parte dos alunos e troca de ideias entre a Coordenação e os alunos.



Prof. Fabriccio Annunciato

Estrutura, Infraestrutura e Gestão de conteúdos por demanda, Netflix, ON Demand e Redes Sociais. Como se posicionam os conteúdos audiovisuais no mundo da internet e suas novas formas de gestão na economia criativa.


Prof. Helder Quiroga

Aulas realizadas por profissionais reconhecidos pelo mercado audiovisual mineiro  e nacional, compartilhando experiências cinematográficas e percepções sobre os desafios e oportunidades para o audiovisual contemporâneo.



Prof. Tammy Weis

Esta disciplina se dedica a retratar experiências de projetos de inclusão socioprodutiva no audiovisual brasileiro tendo a sustentabilidade e o combate às desigualdades como fator de desenvolvimento econômico e de cidadania nos territórios.

Criação e formulação de políticas de criação de film comissions e suas interfaces no desenvolvimento regional tendo o audiovisual como elemento de estruturador e inclusivo.



Coordenação do curso e convidados de mercado

Aulas expositivas e atividades do gênero dinâmicas de grupo visando discutir o processo ensino-aprendizagem e produção de conhecimento pertinente, tendo o próprio curso como objeto de estudo e discussão.


envie seus dados ou tire suas dúvidas


Para gerar o boleto de inscrição, nos envie seu nome completo, CPF e seu endereço.